quinta-feira, 21/06/2012

A FEB e o Esperanto

(publicado em Reformador de Fevereiro de 2009, p. 4(42)

Cem anos com o Esperanto

Há 100 anos, precisamente em Reformador de 15 de fevereiro de 1090, a Federação Espírita Brasileira iniciava seus primeiros contatos com o esperanto, através da publicação de texto oriundo dos círculos espíritas franceses, o qual incentivava a utilização da Língua Neutra para a divulgação mundial do Espiritismo.

Vislumbraram os pioneiros espíritas de então as excelências daquele instrumento de comunicação universal para a obra de disseminação da Doutrina Espírita, em nível internacional, ao mesmo tempo em que reconheciam os benefícios que a veiculação do Evangelho à luz do Espiritismo, através do esperanto, certamente traria ao próprio movimento esperantista.

Gradativamente, graças à construção de criterioso programa para a sua divulgação e utilização, multiplicaram-se os cursos de ensino do idioma, sempre gratuitos e apoiados por rico material didático, enquanto eram editados livros espíritas, através de bem cuidadas traduções, tudo sustentado por positivas manifestações do mundo espiritual em favor da fecunda iniciativa.

Hoje o esperanto se apresenta com inegável realidade nas atividades do Movimento Espírita, respondendo por realizações que plenamente justificam a decisão ocorrida há cem anos, dentre as quais se destaca o surgimento de obras doutrinárias em diversos países, vertidas de traduções em esperanto para diferentes línguas nacionais, o que vem contribuindo para que se atinjam os objetivos visados tanto pela Federação Espírita Brasileira como pelo Conselho Espírita Internacional, que são os de colocar a Doutrina Espírita ao alcance e a serviço de todas as pessoas, independentemente do local onde habitam ou do idioma que utilizam.

Reverenciamos, portanto, em tão feliz oportunidade, a memória do criador da língua da fraternidade, Lázaro Luís Zamenhof – cujo sesquicentenário de nascimento ocorrerá em dezembro deste ano -, bem como a dos valorosos pioneiros da difusão do Espiritismo, os quais, impulsionados pelos mesmos ideais de fraternidade, uniram esforços e trabalharam para que a mensagem consoladora e esclarecedora da Doutrina, a qual proporciona ao se humano o conhecimento da sua imortalidade e as condições necessárias à construção da própria evolução, continue a espalhar os seus benefícios a toda a Humanidade.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS




FEB EDITORA

BOLETIM EDITORIAL

BOLETIM INSTITUCIONAL

REVISTA REFORMADOR

Revista que aborda temas relacionados com Ciência, Filosofia e Religião à luz do Espiritismo e com o Movimento Espírita brasileiro e o internacional.

ASSINE