segunda-feira, 09/10/2017

40 Anos da Campanha Permanente de Evangelização Espírita Infantojuvenil

Há 40 anos, no dia 9 de outubro de 1977, relevante ação consolidava os propósitos do Alto, sob o tema: “A criança e o jovem reclamam direção no bem”. A Campanha Nacional de Evangelização Espírita Infantojuvenil era aprovada e lançada pelo Conselho Federativo Nacional (CFN) com o objetivo de motivar o meio espírita para uma ampla conscientização quanto à necessidade da Evangelização, enfatizando o convite: “Evangelize: coopere com Jesus”. O compromisso assumido e unificado em âmbito nacional, estadual e local resultou na sua transformação em “Campanha Permanente” em 1978, intensificando as ações de divulgação e sensibilização entre os diferentes públicos, incluindo dirigentes de centros espíritas, evangelizadores, familiares, jovens e crianças. […]
A tarefa da Evangelização Espírita nos convida a prosseguir e avançar, confiar e investir, preparar e zelar, semear e acompanhar, aprender e servir, sempre inspirados na mensagem de Jesus: “[…] Ide e evangelizai a todas as gentes […]” (Marcos, 16: 15 a 20). Fortaleçamo-nos, semeadores do Amor, nos propósitos da união e da unificação no campo da Evangelização Espírita, compreendendo o Ide como permanente convite ao Movimento, aos passos direcionados ao campo fértil; o evangelizai como difusão e vivência plena do Evangelho de Jesus, consolidando a sublime sementeira; e a todas as gentes como concepção inclusiva e global, de forma a reconhecer a todos, indistintamente, como beneficiários da ação iluminativa. Sigamos, pois, confiantes, envoltos em júbilo e gratidão por participarmos dessa profícua e bela semeadura! E, como nos orientou o Espírito Pedro de Alcântara: “Aproveitemos, filhos, esta hora de generosa germinação e veremos florescer a Terra do Evangelho para o Mundo!”

(Veja artigo completo na revista Reformador, março de 2017)

 40 anos DIJ