Home > Colunista > 9 Dicas Dinâmicas para uso do Zoom em Estudos Espíritas

9 Dicas Dinâmicas para uso do Zoom em Estudos Espíritas

Jaime Ribeiro

As reuniões online são importantes para que continuemos conectados e estudando a Doutrina Espírita. Contudo, algumas pessoas ainda encontram dificuldade em se concentrar nas aulas online. Por isso, é preciso entender como podemos nos envolver mais com o conteúdo apresentado pelos expositores bem como aproveitar melhor os encontros com os colegas usando a tecnologia com sabedoria no auxílio do nosso equilíbrio e saúde mental durante o período de isolamento social.

Tive dificuldades no início da pandemia. Era comum me sentir estranhamente exausto após as aulas com meu grupo de estudo. Ao terminar a reunião, dedicava um bom tempo à oração para me sentir mais tranquilo.
A Fadiga do Zoom é uma realidade e como o próprio nome indica, é um cansaço que o cérebro se vê submetido após longas reuniões online. Isso acontece pelo excesso de esforço que nosso cérebro faz em prestar atenção a mais de um interlocutor simultaneamente. Mesmo ciente de que nem todo mundo está falando ao mesmo tempo, a parcela verbal da comunicação humana é pequena e, como afirma o filósofo Byung-Chul Han “as formas não verbais de expressão como gestos, expressões faciais ou linguagem corporal, constituem a comunicação humana”. Assim, decidi compartilhar com o Movimento Espírita alguns mecanismos que tenho empregado para manter-me em sintonia e que talvez possam auxiliar a outras pessoas.

1. Antes do início da chamada, procure se acomodar tranquilamente. Relaxe, respire e prepare-se;

2. Aproveite alguns momentos antes da reunião para falar amenidades com os colegas. Esse é um importante instrumento no auxílio ao relaxamento;

3. Escolha um ambiente onde possa manter a porta trancada e no qual não haja a presença de outras pessoas, ou elementos promotores de distrações como TV ligada, ou redes sociais sendo acessadas;

4. Proteja-se da fadiga do zoom configurando a tela para mostrar apenas quem está falando e mantenha outras janelas do seu computador fechadas;

5. Desligue o seu celular. Não responda mensagens durante a reunião;

6. Resista a fazer outro tipo de atividade como olhar e-mail ou sites de notícias no momento do encontro. Mantenha o foco;

7. Quando participar de transmissões online ou lives, evite interações excessivas no chat. Elas nos tiram o foco, nos distraem e acabamos perdendo parte do que está sendo dito;

8. Faça anotações em blocos de notas ou cadernos para evitar digitar e distrair os outros, caso se esqueça de colocar o microfone no mudo;

9. Interaja, faça perguntas. Isso proporciona dinamismo à reunião e motiva os expositores no aprimoramento do conteúdo.

Aprendemos ao longo do isolamento social que apesar do avanço da tecnologia e da conveniência dos encontros e reuniões online, o contato humano ainda continuará a ser a melhor forma de interação entre nós. Contudo, sabemos que mesmo quando pudermos nos encontrar presencialmente, as reuniões virtuais permanecerão como uma opção a mais e como parte de um modelo híbrido de estudo da Doutrina Espírita. Se esse modelo é uma realidade que chegou para ficar,
que possamos aprender com ele a nos conectar de forma harmoniosa para que aproveitemos as oportunidades de progresso que ele pode nos proporcionar.